Screen Shot 2015-09-05 at 23.22.35NESTA EDIÇÃO:

  • 50° Campeonato Brasileiro de Masters de Natação pág. 3
  • Entrevista com Fabio Duailibe págs. 4 e 5
  • Resumo de Tese pág. 6
  • Maria Emma Hulga Lenk Zigler pág. 7
  • Palavra do Coordenador de Águas Abertas págs. 08 e 09
  • Fortalecimento do Ombro págs. 10 e 11
  • Entrevista com Alessandra de Oliveira e Débora Calile págs. 12 e 13
  • Nutrição e Atividade Física pág. 14
  • Calendário 2012 pág. 15

Clique aqui para baixar o PDF.

PALAVRA DO PRESIDENTE

Prezados amigos

Iniciamos mais um ano de trabalho e de novos desafios. Assim concluídas as inovações e a modernização de nossos processos de apuração e gerenciamento de competições, estamos agora fornecendo, gratuitamente, o novo Software ABMN para todas as Associações e Federações Estaduais. Desse modo, esperamos unificar o banco de dados da natação master brasileira, facilitando para todas as entidades a prestarem um melhor serviço aos seus atletas masters brasileiros.

Neste ano também, teremos um grande desafio, que será a realização do Campeonato Sul – Americano de Desportos Aquáticos Masters, um evento internacional. Estamos contando com a participação de 1.000 esportistas distribuídos nas modalidades de Natação, Pólo Aquático e Águas Abertas.

Pela primeira vez levaremos uma competição internacional Masters para Manaus, a capital da Amazônia, assim como o foi em Belém no ano 2000. É uma forma de brindar os nadadores do norte do Brasil com um evento desse porte.

Em 2012, apesar de as críticas, continuaremos a realizar o Circuito Brasileiro de Águas Abertas. Pretendemos abrigar em nosso Circuito, etapas a serem realizadas em outras cidades, fora do Estado do Rio de Janeiro. Com esse objetivo, aguardamos a candidaturas de empresas ou associações que tenham interesse em incluir seus eventos ao nosso calendário nacional.

Pensamos seriamente em não mais realizar esse Circuito, uma vez que não dispomos de recursos que capacite a ABMN para a realização e gestão de eventos desse porte. Uma prova de águas abertas tem suas próprias características e exigências das autoridades Municipais e Estaduais, tornando as entidades dependentes das empresas instaladas em cada cidade ou região. Essa é uma das dificuldades que os eventos desse tipo nos impõem. Além disso, é claro entra em cena o sistema de apuração de resultados – terceirizado para empresas que atuam em eventos de maratonas , como o triátlon, que não tem a precisão que nós estamos acostumados a ter para as provas de piscinas.

Muitas pessoas usaram o nosso Mural com duras criticas, principalmente quanto à data para a entrega da premiação final do Circuito de Águas Abertas. Não podíamos fazer diferente de como fazemos para o Circuito Brasil de Natação, cuja entrega é feita na primeira etapa do ano seguinte, apesar de termos o total domínio do sistema de apuração de resultados da natação; mas erros podem acontecer.

Para Águas Abertas, no qual não temos domínio, o sistema de apuração terceirizado, somos obrigados a manter o mesmo critério.

Contamos com a redução do problema nesse ano para que possamos continuar a oferecer aos nossos associados a oportunidade de participar de um Circuito Nacional de Águas Abertas. Para finalizar, devo agradecer a todos por terem confiado à nossa equipe, a gestão de mais um triênio a frente da ABMN. Esperamos atingir as expectativas de todos.

Um bom 2012 a todos. Vemos-nos em São Luis.

Carlos Roberto da Silva
Presidente da ABMN

Outras edições
Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado ao comentar. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Você pode usar estes códigos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

limpar o formulárioEnviar